Polícia prende assassinos do subtenente da Marinha

Fotos: Polícia Militar
Ação conjunta envolvendo a Cipe Caatinga, 20º Batalhão de Polícia Militar, 4ª Cia de Polícia Militar, que atuavam firmemente com o objetivo de prender os assaltantes latrocidas que por volta das 20h, desta quinta-feira(13), mataram o subtenente da Marinha do Brasil, de nome  Dias, quando este, em companhia da esposa e filhos se dirigia para o Estado do Ceará.
O fato foi amplamente divulgado pela mídia regional e aconteceu entre o contorno rodoviário de Macururé e o povoado de Caraíbas, Município de Chorrochó. (veja reportagem na página do Site euclidesdacunha.com).
 

saiba mais

Na caçada aos assassinos, as guarnições de Chorrochó e Cipe Caatinga localizaram e prenderam dois elementos supostamente apontados, sendo L.H.O.B., menor de 16 anos, e Bruno de Barros Rodrigues, (20), ambos naturais de Cabrobó-PE, município próximo ao local do crime.
Com os acusados, a polícia encontrou uma carabina CBC de ar comprimido 5.5, um revólver Taurus, calibre 38mm, numeração 654709, touca de cor preta, lanterna, coldre axilar preto, seis munições calibre 38mm intactas, estojos metálicos calibre 7,62mm, celular marca Onetouch, além de R$ 222,00.
Em menos de 24 horas, dois assaltos aconteceram neste trecho da BR 116/Norte (Santos Dumont), entre os Municípios de Macururé, Chorrochó e Abaré, próximos aos distritos do Ibó/BA e Ibó/PE, onde de Cabrobó a Salgueiro é conhecido como "Faixa de Gaza", e muitos motoristas trafegam de arma em punho, pois os assaltos são constantes, principalmente no mês de dezembro, quando aumenta consideravelmente o número de automóveis transportando pessoas da região Sudeste que viajam para o Nordeste para rever familiares ou a passeio. Aumenta também, os assaltos a ônibus que fazem linha interestadual, além de motoristas de caminhão transportadores de carga, como o que aconteceu na madrugada desta quinta-feira (14), no Km 33, município de Chorrochó, quando o motorista profissional Celso Claudemir Konlaraschi, que conduzia um caminhão Scania com um carregamento de madeira, deparou-se com um monte de galhos colocado na pista. Ao tentar desviar da armadilha, foi atacado com dois tiros que o atingiram no braço e cabeça, este de raspão, felizmente. Ferido e assustado, perdeu o controle da direção e o caminhão tombou à margem do acostamento. A vítima foi socorrida por colegas de profissão que passavam pelo local, sendo levado para o hospital de Abaré, onde recebeu cuidados médicos.
 
*Com informações da Polícia Militar.

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/2264