Bahia receberá investimentos de R$ 1 bilhão em transmissão de energia elétrica

Foto: Ascom/Seplan

A Bahia receberá novas linhas de transmissão de energia elétrica, além de subestações, a partir do resultado do leilão de Transmissão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), na última quinta-feira (19). Dos 12 lotes leiloados, quatro contam com empreendimentos localizados na Bahia.

“Este leilão foi extremamente exitoso para a Bahia, uma vez que teve ampla concorrência e representou um deságio médio de 59,7% nos lotes que envolvem nosso estado, o que significa que a receita dos empreendedores para exploração dos investimentos ficará menor que o previsto inicialmente, contribuindo para modicidade tarifária de energia e representando economia para o consumidor. Os investimentos das empresas vencedoras dos lotes com empreendimentos na Bahia são estimados em mais de R$ 1 bilhão, contribuindo para a geração de novos postos de trabalho no interior do estado”, comentou o secretário estadual do Planejamento,Walter Pinheiro.

O certame contou com uma média de aproximadamente 10 proponentes por lote. Foram negociados 12 lotes com empreendimentos localizados no Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. No total, são 2470 km de linhas de transmissão e subestações que acrescentam 7800 mega-volt-amperes (MVA) em capacidade de subestações ao sistema. O prazo das obras varia de 36 a 60 meses e as concessões de 30 anos valem a partir da assinatura dos contratos.

Empreendimentos na Bahia

O lote 9 teve a Neoenergia como vencedora, a partir da oferta de R$ 18 milhões, representando um deságio de 64,%. O lote compreende uma linha de transmissão de 105 quilômetros e subestações com potencial de 500 mega-volt-ampères (MVA), com investimentos estimados em R$ 303,4 milhões.

O lote 10 foi arrematado pela Barolo Participações, com oferta de R$ 37,062 milhões, representando deságio de 58,35%. Este lote compreende 145 quilômetros de linhas de transmissão e duas subestações com potência total de 660 MVA. São estimados investimentos de R$ 517,86 milhões.

Já o lote 2 ficou com a Montago Construtora com oferta de R$ 5,38 milhões, representando deságio de 56,73%. Este lote tem 1,6 km de linhas de transmissão e uma subestação com potencial de 100 MVA, com investimentos previstos de R$ 75,86 milhões.

O último lote que compreende empreendimentos na Bahia, de número 12, foi arrematado pelo consórcio VSF Transmissoras do Brasil. A oferta foi de R$ 12,2 milhões, o que representa desconto de 59,62%. Compreende uma linha de transmissão com 193 quilômetros, com investimentos previstos da ordem de R$ 171,1 milhões.

Com informações da ANEEL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *