Perigo iminente na BA 220, em Euclides da Cunha

Por: Jaciel Correia

 

O desmoronamento de parte do pavimento asfáltico da BA 220 – trecho entre a cidade de Euclides da Cunha e o distrito de Aribicé – está causando perigo iminente a quem transita pelo local. O trecho danificado tem aproximadamente 50 metros de comprimento, com cerca de 50 centímetros do asfalto já arrancado pelas correntezas de água que passaram pela margem da rodovia estadual nos últimos dias. O local afetado fica na proximidade da travessia do Rio Vermelho, entre os povoados de Nova Trindade e Mendes Cardoso (Tucucuru).

Buraco já toma parte da pista de rolamento

Conforme se observa na imagem, a rodovia ficou mais estreita para a passagem de veículos, o que pode resultar em acidente, caso o condutor, por exemplo, inadvertido queira desviar-se da cratera de forma abrupta; outrossim se cair em qualquer um dos buracos.

É um cenário de perigo iminente, com tendência de se agravar ainda mais – caso nada seja feito, seja pela passagem de novas chuvas ou simplesmente pelo desmoronamento do asfalto que já não tem material compactado para suportar o tráfego de veículos pelo local.

A recuperação do trecho danificado precisa ser feita de forma urgente. Aliás, há muito trabalho de recuperação asfáltico a ser feito nos 29km da rodovia estadual que dá sinais de abandono por parte do poder público, pelas péssimas condições do asfalto, precariedade na sinalização, falta de acostamento e vegetação invadindo a pista de rolamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *