Polícia Civil aprende 264 unidades de álcool gel falsificados

Disk denúncia resultou na apreensão de 264 unidades de álcool em gel nesta terça-feira, 24, em Euclides da Cunha, de acordo com a Polícia Civil da 25ª Coorpin – Coordenadoria Regional de Polícia do Interior.

De acordo com a publicação, a apreensão foi em uma farmácia do centro da cidade, onde “estava sendo vendido álcool em gel 70% por preço exorbitante” (9,00 cada frasco contendo 70g) e sem emissão de nota fiscal.

Ainda segundo a Polícia, “ante a suspeita de falsificação da nota fiscal do produto apresentada pelo proprietário da farmácia, foi verificado que o produto apresentava consistência e odor diferente do álcool em gel comum e verificado que o rótulo estampado nos frascos de álcool em gel apresentava sinais de falsificação, inclusive com erro ortográfico e que o CNPJ colocado neste não existe, motivo pelo qual todo o material foi encaminhado para a perícia técnica, sendo constatado, após realização de testes, que os itens apreendidos tinham propriedades e reações quando expostos ao fogo, que divergiam do álcool em gel 70% comercializado no mercado.”

O estabelecimento comercial é o mesmo onde no dia 19 de março foram apreendidas 22 unidades de álcool em gel 70%, contendo 500g cada, por estarem sendo vendidos por preços exorbitantes.
O comerciante mais uma vez foi encaminhado para a Delegacia de Polícia, onde foi autuada a prisão em flagrante por crime contra a economia popular, crime contra a ordem tributária, falsificação de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e uso de documento falso.

2 respostas para “Polícia Civil aprende 264 unidades de álcool gel falsificados”

  1. É vergonhoso uma pessoa dessa índole, se aproveitar de um momento tão frágil para cometer um crime desse porte.
    Tomara que a justiça seja feita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *