A influência do repórter José Dilson Pinheiro no Arraiá do Cumbe

Em um ano sem José Dilson Pinheiro e em meio a uma pandemia, na ausência do Arraiá do Cumbe aquecemos os corações com um documentário que traz imensuráveis narrativas de vários momentos históricos do São João euclidense.

Na árdua tarefa de fragmentar as tantas histórias de um timbre de voz ímpar, de uma mente brilhante, de mãos extremamente hábeis e afetuosas, sob os holofotes dos palcos do Arraiá do Cumbe, alguns depoimentos de nomes que presenciaram os respectivos momentos juninos, correm os minutos desse documentário com as lembranças do saudoso José Dilson Pinheiro.

O portal de notícias Euclidesdacunha.com, detalha o íntimo e o simples de uma grande contribuição para o São João do município desse exímio comunicador, que atravessou o tempo, desde as rádios, os palcos até alcançar a virada da era digital na comunicação. Depoimentos dos fundadores do site, como Danilo Pinheiro, a diretora do portal Jaciane Correia, outros grandes produtores da cultura local, citando Michel um dos idealizadores do Nativus do Cumbe uma manifestação que agrega as origens do sertão nordestino, o sanfoneiro Ivan Silva, alguns radialistas, como Nelson Santana, Professor Bolinha, Oniram e tantos outros que também caminharam e caminham em luta da valorização do autêntico, da cultura nordestina e de tudo que perpassa através desse cenário que representa a propriedade imaterial e material da nossa verdadeira essência.

José Dilson traçou a história do Cumbe do Major, construiu um acervo grandioso e também ergueu grandes movimentos, como o Forró na Praça, designando a importância de, sermos antes de tudo um forte, parafraseando o escritor da obra literária Os Sertões, Euclides da Cunha.

As palavras, as lágrimas contidas, as memórias que ardem tangíveis nesses vídeos expressam que “A saudade faz parte de quem já amou”, e, nosso querido Zé Dilson será sempre lembrado e estará para sempre vivo dentro dos livros de história, em cada silêncio e tocar de uma sanfona.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por euclidesdacunha.com (@euclidesdacunha.com.br) em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *