Luan Santana: Você tem valorizado a vida que tem?

Já viu como funciona uma pessoa treinada para ver o que tem de pior nesse mundo?

Elas reclamam, gritam, perdem sua paz por tão pouco, são cheias de desconfianças e alimentam constantemente seus medos e suas amarguras com tantos pensamentos negativos.

Infelizmente estar vivo para muitos ainda é um fardo, pois eles nunca encontraram razões verdadeiras para suportar sua dor e amar a sua própria existência.

E isso acontece porque na maior parte do tempo estamos mais empolgados com os fins do que com os começos, pois não queremos pagar o preço que os humildes inícios nos exigem.

Estamos mais preocupados com o dia de amanhã que ainda não existe do que com o hoje que desabrocha diante de nossos olhos e nos presenteia com tantas oportunidades de fazer algo diferente.

Quem se perde do presente, jamais experimenterá felicidade alguma. Porque os abraços sempre serão deixados para depois, os afetos sempre serão considerados perda de tempo , as emoções e o espírito nunca serão cultivados, e a nossa paz será apenas um compromisso sem prioridade nenhuma.

A vida acontece diante de nossos olhos e o real significado da felicidade é percebê-la.

Sei que temos vidas difíceis, mas também podemos torná-las mais suaves se aprendermos a curtir os momentos e não deixar o essencial para depois.

No final, somos apenas pessoas com olhos fechados para o bem, incapazes de apreciar o que nos acontece de bom com a mesma atenção que damos àquilo que nos acontece de ruim.

Embora pareça uma simples mudança de perspectiva, isso pode ser a diferença entre ser um mero expectador da própria vida ou um protagonista dela, entre um reclamão cheio de razões ou um artesão que em silêncio faz sua obra acontecer

Psicólogo Luan Santana
CRP: 03/11290

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *