Morrem Roque do Raio-X e ‘Fanta’, duas personalidades de Euclides da Cunha

A forma em que pessoas não muito idosas estão morrendo está causando um clima atípico para a população de Euclides da Cunha, quiçá da região. Mortes de maneira súbita, por acidentes e por afogamentos têm sido intensificadas no noticiário local.

Em uma população de aproximadamente 60 mil habitantes é comum mortes por adversidades. Mas a sequência em que essas ocorrências estão ganhando proporções estão chamando a atenção da população.

Nesta quarta-feira (23), por exemplo, o município de Euclides da Cunha registrou duas mortes, de duas pessoas amplamente conhecida: “Roque do Raio-X” e “Fanta” do Legalope. Roque Deusdete Araújo, como era conhecido o técnico Roque do Raio-X, morreu no Hospital Municipal Português/Unidade ACM, em Euclides da Cunha. A causa da morte não foi divulgada. O sepultamento do corpo aconteceu na zona rural do município de Monte Santo, de onde ele era natural.

Roque do Raio-X era pessoa popular na área de saúde, tanto no setor público quanto no privado.

“Fanta” do Legalope era conhecido pelo histórico familiar; primeiro pelo apelido que durava desde a infância, e por ser irmão do ex-vereador Ilton de Abreu Celestino – mais conhecido como Durão; além de a atividade comercial no centro da cidade. Seu nome: Milton de Abreu Celestino era o seu nome.

Segundo costa, “Fanta” morreu de forma súbita em sua residência familiar, no início da tarde. Assim que ele passou mal, familiares o acorreram na tentativa de mantê-lo vivo, mas sua morte confirmou em pouco instante.

O corpo de “Fanta” está sendo velado no Memorial Pax Federal. O sepultamento está marcado para acontecer às 10h desta quinta-feira (24).