Apicultura é sinônimo de boa renda para os Euclidenses

Fotos: Reprodução/Google

Conhecemos muito sobre o plantio de feijão, milho, criação de gado, caprinos, ovinos entre outros, porém pouco é visto sobre a apicultura artesanal no município.

Apicultura define-se pelo cultivo de abelhas, seja para extração do mel, produção de própolis, cera de abelha e outros diversos derivados que possam ser comercializados ou simplesmente para consumo próprio. Em Euclides da Cunha, município pertencente ao semiárido baiano, região marcada por chuvas escassas; os longos períodos de estiagem acarretam uma imensurável dificuldade para o crescimento e permanência de uma flora verde com suas fases bem definidas e como a maioria das pessoas faz somente a ligação de abelhas com flores, acaba fugindo do seu imaginário que dentro da caatinga arbórea possa existir uma densa diversidade de espécies de abelhas e que é fonte de renda de alguns habitantes da cidade.

A forma artesanal como é extraído o mel e também a maneira como as abelhas são cultivadas por alguns pequenos produtores potencializa o nível de qualidade, pois não é utilizado conservantes e outros componentes químicos na sua composição. Encontramos no povoado de Cipó, área rural pertencente ao município de Euclides da Cunha, um exemplo, o produtor Clécio Moraes que foi entrevistado e relatou brevemente como é realizado desde o manejo das abelhas para extração do mel até os cuidados cotidianos, segue na integra:

Qual espécie de abelha cultivada?

– Abelha Italiana

Como é realizada a manutenção e os cuidados com as abelhas?

– Sempre são feitas revisões, para avaliar como estão as colmeias, verificando se existem alguns comportamentos incomuns ou danos, as interferências devem ser feitas apenas quando necessário para não causar mudanças nas atividades das abelhas.

Como é realizado a extração do Mel?

– Usando macacão, avental e touca para proteção do manipulador, então é verificado se o quadro está acima de 80% operculado, ou seja, coberto pela cera que fecha os favos, então é retirado a cera, cuidadosamente, para não destruir os favos e guarda-se para reutilizar depois, após esse procedimento, o material extraído é levado para uma centrífuga para retirar o mel, depois filtra e é levado para um tanque decantador onde permanece por cerca de dois dias para que os últimos resíduos de cera possam ser eliminados.

Após a produção do mel, qual o valor taxado para vendas?

– O preço muda, nunca há um valor fixo. Depende de alguns fatores, essa variação, tais eles como por exemplo a região e a época do ano.

Quais os benefícios da produção de mel para você?

–  O retorno financeiro, pois o cultivo de abelhas é fácil e gera boa rentabilidade.

Os produtores de mel do nosso município, elencam o equilíbrio entre a natureza e o homem, as abelhas são uma grande potência em polinização de flores, cumprindo seu papel no meio-ambiente, que por sua vez beneficia a economia da cidade, pois seu cultivo traz renda para a comunidade local, existem vários cultivadores como o entrevistado, e outros em um nível ainda maior de produção, que traz  mais variedades de Mel derivado de outras espécies de abelha como a Arapuá, mandassaia, Jataí entre outras. O Mel tem propriedade medicinal, nutricional e pode ser encontrado na nossa cidade com preços que vai desde R$ 25,00 até R$ 150,00.

Por: Mayana Xavier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *