GIRO EUCLIDES: Fiscais entram em ação contra comerciais classificados como “não essenciais” pela prefeitura

Sábado de aleluia, 3, dia de muita dificuldade para boa parte dos comerciantes de Euclides da Cunha, especialmente os da sede. O dia em que os fiscais do Município entraram em ação contra a abertura dos estabelecimentos comerciais considerados “não essenciais” pelo decreto de lei municipal em vigor.

O número de estabelecimentos comerciais “não essenciais” abertos no período da manhã não era expressivo, mas representava uma reação dos comerciantes contra as medidas adotadas pelos Executivos Municipal e Estadual que estão aumentando as restrições das atividades econômicas como justificativa para frear o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19).

A atuação dos fiscais iniciou-se logo após o registro da abertura do comércio. Pouco a pouco, os fiscais se dirigiram aos estabelecimentos comerciais para que o decreto municipal fosse cumprido. Muitos comerciantes mostraram aos fiscais sua indignação pelas medidas adotadas pelo Executivo.

De modo geral, o sábado não teve uma grande quantidade de pessoas para um dia de feira livre de alimentos e animais na sede, que foi realizado no tradicional dia da semana em virtude do feriado da Paixão de Cristo. Se mantidas as novas regras em vigor, a feira livre continuará sendo realizada aos dias de sexta-feira.

O dia foi de tempo nublado e extremamente abafado, mas não choveu. O clima deve continuar firme neste domingo, com temperatura de até 36°C e probabilidade de apenas 5% para chuva, segundo dados das principais fontes meteorológicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *