Covid-19 em Euclides da Cunha: Mês de março tem mais um óbito inserido na estatística

Sobe para 9 o número de óbitos por Covid-19 no mês de março de 2021 em Euclides da Cunha. Trata-se de um registro que estava em investigação desde o dia 30 de março. O óbito ocorreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Euclides da Cunha no dia 29 de março por complicações da Covid-19.

Mesmo com a vacinação em andamento, o mês de março teve a pior alta de mortes pela Covid-19 em Euclides da Cunha. A quantia representa 50% a mais que o pior mês registrado anteriormente, que foi em janeiro de 2021, com 6 óbitos. Pela estatística, o mês março concentra os registros de um terço dos óbitos desde o início da pandemia.

O boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Euclides da Cunha divulgado neste sábado, 3, apresenta um total de 27 óbitos, pois não consta ainda o registro da morte do comerciante Wagner Abreu, fato ocorrido na noite do dia 2 de abril em Salvador, Bahia.

O sepultamento do corpo do comerciante foi sepultado na tarde deste sábado, no Cemitério Municipal São José, em Euclides da Cunha. A última homenagem ao comerciante foi prestada à distância pelos familiares e amigos que acompanharam o cortejo por uma imensa carreata.

Euclides da Cunha tem o quarto maior número de mortes por Covid-19 entre os municípios circunvizinhos analisados pelo site euclidesdacunha.com (Banzaê, Canudos, Cícero Dantas, Euclides da Cunha, Jeremoabo, Monte Santo, Novo Triunfo, Quijingue, Ribeira do Pombal, Tucano e Uauá).

Em quantidade de casos confirmados, o município é o terceiro, com quase 1.900 casos, atrás apenas de Uauá, que se aproxima de 2 mil, e Ribeira do Pombal, que já tem mais de 2 mil registros. A ordem se mantém na quantidade de pacientes recuperados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *