O site euclidesdacunha.com não disse que o professor Antônio França faleceu de Covid-19

Imagem: Arquivo/euclidesdacunha.com | Por: Equipe ECCOM

Ocasionalmente, o GIRO EUCLIDES do site euclidesdacunha.com faz um resumo dos principais fatos ocorridos durante o dia no município de Euclides da Cunha. São informações detalhadas dos acontecimentos, porém, nem sempre a equipe de reportagem consegue apurar o bastante de cada fato para produzir um conteúdo separado, em tempo real.

Assim foi o GIRO EUCLIDES desta terça-feira, 6, com três informações importantes: 1) a morte do professor Antônio França; 2) mais um óbito por agravamento da infecção do novo coronavírus (Covid-19); 3) o clima chuvoso em Euclides da Cunha. Com isso, o título do GIRO EUCLIDES foi definido: Um adeus para o professor Antônio França e mais uma vítima da Covid-19.

Na manhã desta quarta-feira, 07, as páginas do site euclidesdacunha.com nas redes sociais Instagram e Facebook foram atualizadas com o título Um adeus para o professor Antônio França e mais uma vítima da Covid-19 e uma imagem do agora saudoso professor Antônio França.

Pouco tempo após a publicação, o site euclidesdacunha.com começou a receber mensagens contestando a causa da morte do professor Antônio França. A justificativa é que ele não morreu de Covid-19.

Asseguramos: em nenhum momento o site euclidesdacunha.com disse que o professor Antônio França faleceu de/com Covid-19.

Acreditamos que algumas pessoas não conseguiram interpretar o título do GIRO EUCLIDES, associando PARTE DA INFORMAÇÃO com a imagem em destaque. Além disso, o “corpo” da notícia também não indica, em momento algum, que a morte do professor foi pela doença viral. Se não colocamos a causa da morte, foi porque até o fechamento da matéria essa apuração não foi possível ir adiante.

Assim, reiteramos: 1) Um adeus para o professor Antônio França; 2) Um adeus para mais uma vítima da Covid-19. Ou: Um adeus para o professor Antônio França e mais uma vítima da Covid-19.

Foram dois óbitos na mesma notícia. Por isso, um gesto de despedida aos dois falecidos, independentemente da causa da morte.

Caro leitor, você já deve ter lido a notícia do dia 3 de abril em que o título é: Wagner Abreu, mais uma vítima da Covid-19 em Euclides da Cunha. Note a similaridade do contexto e a distinção delimitada de forma ortográfica.

Lamentamos a falta de interpretação – ou a interpretação imprópria – de alguns de nossos internautas ou seguidores das redes sociais. Seguimos com fidelidade aos acontecimentos, incluindo o compromisso com a veracidade dos fatos, como fazemos a quase 18 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *